InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Cartas para lembrar

Ir em baixo 
AutorMensagem
Mestre

avatar

Peixes Idade : 8
Mensagens : 2503

MensagemAssunto: Cartas para lembrar   27/8/2013, 19:27


Os estudiosos da Máquina de Agrippa decidiram que um tipo de viagem mais segura era fazer com que os bruxos viajantes soubessem menos possível do futuro, pois havia uma crença que quando a mudança era desejada ela aconteceria, mas quando ela feita sem querer, isso faria parte da linha temporal normal. Então os viajantes, chamados de minutewizards passariam por processo: suas mentes seriam obliviadas quase completamente. Todos os vinte anos de história seriam apagados de suas mentes, apenas saberiam do presente que vivem, e não tudo que aconteceu no mundo e suas vidas até aquele momento.

No bolso de cada um terá uma carta escrita por cada um contendo informações sobre si que podem considerar importantes. A única regra era não falar do mundo que viviam, apenas sobre si, e não precisava apenas ser sobre fatos da vida, mas coisas importantes que acham que deveriam saber sobre si mesmos.

Estas são cartas...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://wizardbabies.rpgwars.org/f194-ficha-modelo
Evelise O' Tholle

avatar

Feminino Escorpião Idade : 23
Player : Tita
Mensagens : 127

MensagemAssunto: Re: Cartas para lembrar   27/8/2013, 21:24

Oi.

Quem aqui lhe escreve é você.

Eu sou você e seu nome é Evelise Gosling O’ Tholle, você é a primeira filha de Dale Flynn O’ Tholle e Rachel Merriworth Gosling. Você tem 18 anos e nasceu no dia 15 de novembro de 2033. Sua família é formada por seus pais e seu irmão mais novo, Lucas, e claro por seus tios e primos.

Ah, você é Inglesa.

Por algum motivo, que nem você mesma compreendeu, resolveu aceitar essa proposta e voltar no tempo. Você foi parcialmente obliviada e por isso decidimos escrever alguns fatos, para que não se esqueça de quem é.

É importante saber que com você voltaram outras pessoas, eles são seus amigos e dignos de sua confiança. Para o tempo em que você se encontra foram mandados anteriormente três pessoas, entre eles seu primo Keon, filho de sua tia Dahlia. Porém algo deu errado na missão deles, ou pelo menos é o que todos imaginam. Você deve encontrá-los.

Em seu primo você deve confiar extremamente, vocês cresceram juntos e ele é o que restou de sua família. Ele é sua família agora.

Você é um tanto quanto tímida e não possuía muitos amigos, fazia de seus primos seus melhores amigos. Também não deixou nenhum grande amor para trás ou algo do tipo.

Você gosta de desenhar e principalmente de pintura, sabe tocar alguns instrumentos como piano e violão, mas é um tremendo desastre para a dança.

Não se preocupe com as cicatrizes que achar pelo seu corpo, principalmente nos joelhos, foram proporcionadas por momentos felizes em que aprendeu a voar. Não se esqueça de sempre checar se sua varinha esta com você e se os lugares onde esta, são de fato seguros. Não se preocupe com os feitiços, você conhece muitos e desempenha com facilidade a grande maioria deles.

Você, como os outros, tem uma missão e deve se focar em cumpri-la, apenas isso.

Eu sei que você esta lendo essa carta e procurando por fatos de nosso tempo, mas não irá encontrar, fomos indicadas a não comentar sobre ele, então apenas esqueça-o.

Você nunca sentiu, e provavelmente não sentirá, dor maior do que foi deixar seus pais, seu irmão e seus primos para trás. Porém você prometeu a todos que cumpriria a missão e é isso que você deve se focar a fazer.
Essa parte sua que lhe escreve se perdera em breve e dará espaço a uma outra Lise, talvez melhor ou pior, mas não se preocupe tanto, sua verdadeira eu sempre estará dentro de você.

Mas acima de tudo lembre-se das palavras que sua mãe sussurrou em seu ouvido, durante a despedida: “Apenas seja feliz.”

Evelise Gosling O’ Tholle.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cesare Elvendork Gagliano

avatar

Masculino Touro Idade : 25
Player : Lara
Mensagens : 387

MensagemAssunto: Re: Cartas para lembrar   27/8/2013, 22:11

Oi, eu...

Isso é estranho, mas enfim. Você deve saber que você é um cara legal, apesar da vida fodida. Você preza pela sua família e a protege a qualquer custo, bem como seus amigos, quem você ama e quem você julgar que deve ser salvo. Mas tente lembrar de medir as consequencias antes, okay?

Ah, sim, seu nome é Cesare, filho de Mateo e Isabel, irmão de Calvin, Clarissa e Graziella. E você tem... 20 anos, completos em 25 de abril de 2051, se bem me lembro.

Lá vão algumas dicas!

Lembre-se que com guerra com sem guerra, gel no cabelo é essencial para as garotas não acharem que você é um mané. E você não enxerga muito bem, então não esqueça suas lentes de contato. Sua camiseta favorita é uma que tem a bandeira da Inglaterra meio desbotada. Haja o que houver, jamais se desfaça dela, é seu amuleto da sorte.

E não esqueça também que seus irmãos sempre cuidaram de você quando seus pais morreram. Eles são o seu norte e você sempre deve lembrar de voltar para eles, você lhes deve sua vida e toda a gratidão do mundo.

Ah, claro, não estranhe seu sotaque. Você nasceu e cresceu falando inglês britânico e italiano, porque seus pais tinham mania de misturar as línguas à mesa; isso quando era só no sentido figurado. Então, meu chapa, aproveite que você tem o sotaque mais sexy do mundo bruxo.

Você é foda, tem um corpo perfeito e se veste bem pra cacete, então não destrua sua própria imagem por favor. E nem seja estúpido, mesmo que as vezes seja difícil segurar... É importante tentar manter as relações com as pessoas.

Agora, uma coisa muito importante: seus amigos. Saoirse e Evelise são as meninas que irão te acompanhar. Você saberá quem elas são, mas provavelmente não vai lembrar alguns detalhes. Saoirse é linda e vocês são muito amigos. Eve é um doce e você gosta muito dela... Você tirou a virgindade dela, então se lembre que talvez ela goste você um pouco mais do que você gosta dela. Não porque você não gosta, mas é porque você gosta de outra pessoa, Keon... a pessoa que vocês vão resgatar. Você lembra dele, claro. Mas caso apaguem um pouco demais da sua memória, lembre-se que ele é o seu melhor amigo, e que você tinha uma certa queda por ele... E que ele te beijou no dia que ele foi embora. Ele te deu um selinho na verdade, e vocês se beijaram e se abraçaram e eu acho que você é um viado, mas você gosta muito dele. Ele não vai se lembrar de você, então tente não estragar as coisas. Ele não vai saber que gosta de você, ao menos não tão rápido.

E acho que isso é tudo. Não esqueça nunca quem você é, mesmo que isso possa parecer meio humor negro agora. No fundo, você sempre saberá quais são suas raízes, porque a educação e os valores que recebemos não há feitiço que tire de nós.

Aliás, te amo pra cacete, cara, não esqueça disso também =D

Sinceramente, seu melhor amigo,

Cesare Elvendork Gagliano, com orgulho.


Última edição por Cesare Elvendork Gagliano em 20/9/2013, 22:11, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Keon G. Kalakaua

avatar

Masculino Escorpião Idade : 24
Player : Heibel
Mensagens : 424

MensagemAssunto: Re: Cartas para lembrar   2/9/2013, 13:08

    27 de agosto de 2051

    Não se assuste com a falta de lembranças, você concordou com isso. Sua memória foi parcialmente apagada e, para que você não fique perdido, foi sugerido que eu escrevesse uma carta para que você soubesse o que eu considero que seja importante que você saiba.
    Para começo de conversa, eu sou você.
    Neste momento me encontro no ano de 2051 e tenho 19 anos.
    Meu nome completo é Keon Grantham Kalakaua. Nasci no dia 09 de novembro de 2031, mesmo ano para o qual você voltará, portanto, enquanto estiver lendo isto, ainda nem terá nascido.
    Topei fazer essa viagem no tempo - que talvez não tenha volta - pois é necessário que se faça alguma coisa para impedir que a guerra comece. Você não precisa saber tudo o que aconteceu, basta saber que é extremamente necessário que isso mude.
    Sou filho de Dahlia Grantham-Kalakaua, Darius Grantham e Henry Kalakaua. Pode parecer confuso, mas é isso mesmo: tenho dois pais. Eles vão estar vivos no momento que você chegar em 2031, mas não faça nenhuma bobagem. Eu sei que você vai ficar tentado a falar com o Henry, vai sentir saudade de todos eles… bem, talvez não sinta, pois não lembrará deles. Mas vai ficar curioso. Não vá! É sério. Cumpra a missão e volte para casa. Só isso. Foco é essencial.
    Tenho cinco irmãs, sendo que uma delas é minha irmã gêmea, nascida seis minutos antes de mim. Seu nome é Scarlett Kalakaua Grantham e ela é a mais velha, a primogênita.
    Você não vai lembrar dela nem das outras, mas não quero que esqueça. Não quero mesmo que esqueça disso tudo. E se por acaso você nunca mais voltar para casa, pelo menos vai saber que tinha essa enorme família e que, apesar dos pesares, você foi muito feliz ao lado deles. Não lamente se nunca mais os ver. Saiba que você mudou o futuro deles e que (talvez) eles terão uma vida muito mais feliz e completa por sua causa. Fique tranquilo que seu sacrifício será por um bom motivo. Nada do que você passar aí será pior do que o que já aconteceu aqui, então… só fique feliz pela sua família, ok?
    Pois bem. Começarei falando da Scar.
    Scarlett é… forte. Sempre invejei um pouco sua coragem. Nascemos no mesmo dia, crescemos muito unidos e nos amamos demais, mas somos bem diferentes. Ela tem um gênio forte, é um pouco agressiva às vezes e hiperativa sempre. É romântica, mas não demonstra isso. Costumo rir quando ela se faz de durona na frente dos outros, então se derrete inteira com o elogio que recebeu, quando lhe dão as costas. Tia Rachel falou uma vez que consegue ver um pouco de Dahlia, um pouco de Darius e um pouco de Henry na personalidade dela.
    (Rachel Gosling O' Tholle é a melhor amiga da sua mãe, esposa do seu tio Dale - irmão da sua mãe -, madrinha da Scarlett - junto do tio Dale -, mãe de Evelise e Lucas O’ Tholle, seus primos).
    Kelsey Kalakaua Grantham, minha segunda irmã, nasceu dia 03 de maio de 2033 já na Pyxis Village, na Inglaterra.
    (A propósito, você e Scar nasceram em Apuan, no Brasil).
    Kelsey é adorável, você gosta muito dela. Sua risada preenche os ambientes e parece que todos os caras do planeta se apaixonam por ela. A mãe diz que é por causa dessa aura veela delas, mas chega a ser insuportável às vezes (e eu nem sou ciumento!).
    Ela ama música.
    (Bem, todos nós gostamos muito de música - menos a Scar, ela não tem paciência para ficar sentada fazendo música, só gosta de ouvir).
    Kelsey toca vários instrumentos e tem uma voz linda. Às vezes ela pega meus poemas e musicaliza.
    (A propósito - de novo - você adora escrever).
    E ela ama ensinar as crianças da vila a cantar e tocar.
    Adoro conversar com ela. Vou sentir falta das nossas noites passadas em claro na rede da varanda, conversando sobre nossos problemas e dilemas amorosos. Ela é a única pra quem eu conto essas coisas. Ela não me julga. Sempre me apóia. Às vezes acredito que algo deu errado e era para ela ser minha irmã gêmea - que a Scar nunca saiba disso, ou você vai ouvir o drama dela pela eternidade.
    No mesmo ano - 15 de novembro de 2033 - a Evelise nasceu. Ela é um amor, você a adora e a protege sempre. Dos seus primos, ela é a mais querida.
    (Não seria legal dizer isso em voz alta, você adora todos eles).
    Avery Grantham Kalakaua também nasceu na Pyxis (12 de agosto de 2035).
    Vee é linda. Ruiva como a vó Angell e a tia Blake (todo mundo diz que ela é filha biológica do pai Darius por isso, mas meus pais não se importam com essas coisas). Ela cozinha tão, tão bem que eu sempre sinto dor de barriga depois de almoçar ou jantar. É porque a comida é tão, tão boa que eu só paro de comer quando já não cabe mais nada em mim. De verdade. Ela é muito "pupila" da Amy Creek, as duas se dão super bem. A mãe fica com ciumes disso, às vezes. Coisas de mãe… eu acho.
    Ela também gosta de música e eu gosto de ouvi-la tocar harpa. É divino.
    Avery namora o Iollan há uns dois anos.
    (Iollan Zane. Ele é legal. Você gosta dele. E gosta da irmã dele, também. Saoirse. Espero rever a Saoirse algum dia…).
    Sua quarta irmã se chama Lux Kalakaua Grantham. Ela tem 14 anos (nasceu dia 11 de fevereiro de 2037).
    Lux é quieta. Me preocupo muito com ela. Às vezes ela parece tão triste que sinto um aperto no coração. Suas músicas são tristes também. Mas ela é explosiva, nunca foi tímida, na verdade tem uma personalidade bem forte e sempre entra em discussões políticas. Defende suas ideias com fervor e fica absolutamente irritada se perde algum argumento. Desconta sua raiva ou sua tristeza na música tocando bateria ou piano, respectivamente.
    Lucas também nasceu em 2037. Ele e Lux são inseparáveis. Uma vez brinquei que eles iam casar e levei uns tapas dela. No fundo acho que eles se gostam, mas parecem repetir a história do tio Dale e da tia Rachel não enxergando que são apaixonados. Ou talvez só seja coisa da minha cabeça.
    (Oona Henk, Peter Twyllire e Kahua Keanu vivem com eles também. Os chamo de “grupo dos coisinhas”. Eles odeiam).
    E por fim, minha quinta irmã é a garotinha mais esperta do mundo: Moani Grantham Kalakaua. Ela nasceu dia 25 de setembro de 2048.
    É a pessoa mais falante que existe, acho que já nasceu falando. Não fecha a boca um minuto. Quando não está tagarelando - na maior parte do tempo, sozinha -, está cantando. Se der trela, ela fica conversando com você para sempre, mesmo que você não fale nada. É fácil alguém perder a paciência com ela, principalmente a Scar, mas eu me divirto muito com a minha ursinha. Gosto de tirar fotos dela, ela é muito fotogênica. É a criança mais extrovertida e desinibida que eu já conheci. Linda.
    Finalmente, meus pais:
    Minha mãe, Dahlia, é muito carinhosa, talvez até um pouco demais, mas ninguém reclama - nem mesmo Scar. É notável que ela só está completamente feliz quando toda a família está a sua volta. Sempre que alguém sai ou viaja, parece que uma das suas pétalas cai (muito piegas?)
    Meu pai Henry é meu melhor amigo.
    (Curioso é o elo forte que eu tenho com ele, e o elo forte que a Scar tem com o pai Darius. Minha mãe acha incrível e lindo, eu acho apenas curioso).
    Ele é brincalhão, sempre tem uma piadinha ou resposta na ponta da língua e é quem sempre ameniza as discussões lá em casa.
    (Nós todos brigamos muito, mas acho que é normal. Irmãos sempre vão discutir… certo? Ainda mais numa casa cheia de mulheres, hormônios malucos, personalidades fortes e essas coisas… medonho).
    Meu pai Darius é mais sério e responsável, mas não deixa de fazer brincadeiras e piadas também. Ele é mais romântico que o Henry… e eu diria que é mais forte também, assim, psicologicamente falando.
    Henry é sensível. Como eu. (Bem, talvez eu seja mais… não dá para medir essas coisas). Mas ele disfarça bem, como a Scar. (Diferente de mim…).
    Minha mãe é completamente apaixonada por eles. E eles por ela. Mas, bom… não era necessário dizer isso. Só pelo fato de terem aceitado "dividir" uma mulher, prova que eles são loucos por ela (ou só loucos, é o que alguns diriam).
    Quando eles contam sua história, fico impressionado. Minha mãe gosta de repetir como eles superaram todas as inseguranças, dificuldades e diferenças para curá-la de uma doença e conseguirem estar juntos, felizes e fazer a relação dar certo. Mas se eu for contar isso tudo agora, esta carta terá umas duzentas páginas! Pulemos então para a parte que eu me descrevo para você. Essa é a parte mais difícil, mas vou tentar.
    Keon gosta de escrever (como já dito anteriormente), gosta de tocar ukulele, violão e gaita. Tentou aprender piano, mas não deu muito certo (quem sabe consiga enganar com alguma música mais simples). Sua voz não é muito boa, nunca tente cantar. É sério.
    (É muito estranho falar de mim em terceira pessoa, mas considerando que eu estou escrevendo uma carta para um “eu” do futuro que vai estar no passado sem memória, o que é estranho, afinal?!).
    Bem… ahn… eu vivi meus primeiros anos em Apuan, depois mudei para a Pyxis. Mal lembro de Apuan, para ser sincero. Minha vida toda foi na Pyxis.
    Leyla Henk (irmã do pai Henry, minha tia) e Kimo Keanu (amigo muito próximo da minha mãe) são meus padrinhos. Gosto muito, muito deles. Tia Leyla é incrível (ela tem dois filhos com o tio Ben, Oona - já mencionada - e o Drew) além de uma enteada chamada Dorothy (filha do tio Ben com a Marion, uma francesa que mora aqui também. Guarde esse nome, já vou voltar para ela).
    O Kimo é super legal. Ele e meus pais se dão super bem, todos são apaixonados por animais e trabalham com isso. Quando descobriu o que eu e meu pai podemos fazer, ele achou incrível! (E talvez tenha sido o único, na época, que não ficou com medo).
    (Ainda não contei, né?! Mas isso é importante, preste atenção: você consegue se transformar num dragão. Tipo, sério. Voar e cuspir fogo. Você vai se lembrar de como fazer, me garantiram isso, só não saia fazendo por aí na frente de todo mundo porque as pessoas não estão acostumadas a ver um homem-dragão, ok? O pai Henry também consegue. Na realidade ele consegue se transformar num dragão de verdade, enorme. Eu fico com uma aparência mais humanóide e menor que a dele. É estranho. Veja seu reflexo em algum lago quando tiver a chance. É bizarro, mas muito legal. Isso já salvou sua pele e a pele da Scar umas mil vezes. Espero que isso ajude na missão).
    Pois bem. A Pyxis é sua casa, mas você provavelmente não vai poder voltar para lá em 2031. Ninguém lá te conhece ainda. Então não vá para lá, mesmo se a saudade e/ou a curiosidade apertarem. Conheça Apuan antes de voltar. Sempre quis ver o lugar onde nasci. Mas mantenha o foco na missão. Depois que ela estiver concluída, aí sim você vai estar livre para fazer o que quiser antes de voltar.
    Dorothy. Ela é filha do tio Ben e da Marion, como já falei. Meu primeiro beijo foi com ela quando eu tinha 14 anos. Nunca mais ficamos, por razão alguma, eu acho, além da falta de oportunidade, mas sempre senti verdadeiro carinho por ela. Só ficar perto dela e conversar já é o bastante. Tio Ben morre de ciúme dela.
    Saoirse Zane. Perdi a virgindade com ela aos 15. Já ficamos várias vezes, ela é super legal. Me lembra Scar, às vezes, na personalidade. Elas não se dão bem. Meu pai Henry diz que é porque "dois bicudos não se beijam".
    Tem o Jude. O acho… interessante. Não é recíproco, acho que ele realmente não vai com a minha cara.
    E o Kahua (também já mencionado), filho do Kimo com a Roxy Lovegood. Ele é praticamente meu “aprendiz”. Não gosto dessa palavra ou dessa forma de ver, apenas gosto de ensiná-lo a lutar e ele gosta de aprender. Scarlett diz que ele é "meu rabo" só porque o garoto gosta de andar comigo. Tenho para mim que isso é ciúme dela.
    Cesare Gagliano. Dos meninos, é o que eu mais gosto. Ele tem um jeito metido e egocêntrico, mas é um bom soldado. Nos damos bem, tanto fora de campo de batalha, quanto dentro.
    E o Nolan. A Kelsey gosta dele, mas eu, sinceramente, não. Não o odeio, só acho que ele a faz sofrer, então não sou muito amigo dele.
    Queria falar um pouquinho de cada um dos meus amigos e dos meus primos, mas a carta já tem três folhas e acho bom me controlar e parar por aqui.
    A única coisa que falta saber, realmente, é que você deve tudo que você é, para a Scarlett. Se não fosse por ela, você talvez não soubesse metade do que sabe hoje. Ela te influenciou a aprender a lutar, te ajudou quando você precisou e te incentivou quando você queria desistir. Você se tornou forte assim exclusivamente por se preocupar com ela e querer protegê-la. A verdade é que, se pudesse, você preferia ficar deitado numa rede escrevendo ou tocando violão o dia todo. Ela é quem te motivava e te empurrava. Scar não vai estar na missão, portanto, você terá que fazer as coisas sozinho. Você consegue, é claro. Não te mandariam para uma missão tão importante se achassem que você não dá conta. Mas você vai fraquejar. E quando isso acontecer, lembre que ela ficaria muito decepcionada e gritaria "Keon mariquinha! Levante essa bunda daí e faça o que tem de ser feito agora!". Lembre que você precisa ajudar sua família. Que se a missão der errado, sua família estará correndo risco.
    Realizar essa missão não é uma opção. É uma obrigação. O que vale, de verdade, é salvá-los. É fazer com que nenhuma das suas irmãs passe por problemas de novo. Que nenhum dos seus amigos sofra com a perda de alguém querido. Que seus pais possam viver ainda muitos anos para ver os filhos casados e com filhos.
    É dar um futuro tranquilo para todo o mundo.
    Isso pode deixá-lo pressionado. “Salvar o mundo” é uma grande responsabilidade. Mas não pense assim. Pense na sua família. Foque neles. Eles são importantes. Eles precisam de você. Eu preciso que você esteja focado. Apagar as lembranças boas é um preço pequeno comparado a perder as memórias ruins que me deixariam fraco. Você não pode ser fraco. Não agora. Pense nas suas irmãs e acabe com essa porcaria de uma vez por todas!





    PS: Estou enviando junto algumas fotos da família e dos amigos. Guarde-as num lugar seguro. Olhe para elas quando quiser se sentir motivado. Olhe para elas se se sentir sozinho.

    PS2: Eve Gosling e Anastásia Van Dort serão suas parceiras na missão. Elas são muito amigas de sua avó, Charlotte O' Tholle, e estiveram em Noskort junto dela. Elas sabem o que fazer, como fazer, são fortes e focadas. Confie nelas e não as decepcione.







    Esperando que você faça o seu melhor e contando com você,
    Keon Grantham Kalakaua.



we're gonna save the world tonight
Voltar ao Topo Ir em baixo
Saoirse I. Zane

avatar

Feminino Áries Idade : 27
Player : Buba
Mensagens : 84

MensagemAssunto: Re: Cartas para lembrar   13/9/2013, 16:17

Hiya!

Espero que esteja bem quando estiver lendo. Você está se lendo, na verdade, só não lembra que escreveu esta carta. Tudo bem, você não está louca. Só obliviada para fazer esta viagem no tempo, que concordamos. Calma! Um dia as coisas ficarão mais claras. Por enquanto, te direi tudo que precisa saber. E provarei, caso esteja assustada (ou fazendo todas as caretas do universo), que realmente é você que se escreveu esta carta. Só continue lendo. Vou fingir que somos duas pessoas iguais, tipo gêmeas. Se complicar falo diretamente com você.

Viemos de 2051 de volta para 2031, a guerra está apenas começando. E nossa missão é impedir que ela dure. Em outras palavras: vidas futuras estão em nossas mãos. E não estamos sozinhas. Outros viajantes (somos conhecidos, continue lendo) estarão com a gente. Mas vou te falar um pouco sobre a gente, nossas raízes e enfim, te mostrar que tudo isso é por um propósito grande, muito grande, mas que não estamos sozinhas fisica ou sentimentalmente. A responsabilidade e pressão é grande, não se engane, ela é GIGANTESCA, mas o motivo supera. Não aceite falhar. Levante, sempre, continue a nadar.

Vou começar pela família...

Nosso nome é Saoirse Isabel Zane. Nascemos na Pyxis Village na Inglaterra em 14 de abril de 2030. Junto com nosso irmão somos os mais velhos de um baby boom que teve da nossa geração. Crescemos com muitos primos e tios, alguns de sangue e outros de coração. Inclusive, Isabel em nosso nome é em consideração à nossa tia de coração Isabel Elvendork (mãe de Cesare, falecida já). Ela era uma das melhores amigas da mamãe. A mamãe é Brittany, depois falo melhor dela, tá?

Temos uma família grande e forte, mas sempre tendo esta força colocada à prova, acredite. Nosso pai faleceu quando éramos ainda bebês, Robert Zane. Mas temos muitas imagens e histórias dele, ele nos amou muito. E a mãe dele, nossa avó, se matou quando tinhamos quase 4 anos. Ela morava com a gente, mas depois de perder filho e marido, ela nunca mais foi a mesma, segundo nossa mãe. Temos um irmão gêmeo, Iollan. Jacob com 33 anos e a mais velha Georgia com 35. Tem a Helena Smith que consideramos uma irmã também por ter morado bastante tempo com a gente (ela perdeu os pais na guerra). A mamãe é linda, forte, amorosa e incrível! Ela é bem engraçada também, sempre muito energética. E saiba que tudo isso por nós. Ela guarda pra sempre uma enorme saudade do nosso pai e outras perdas que tivemos. Mas somos junto com quem sobrou, a vida dela. Você PRECISA ter isso no coração, isso precisa te mover mesmo se você não lembra. Basta saber.

Temos um padrasto, Noel Bayley. O consideramos um pai porque nos criou dos nossos 3 anos em diante. Ajudou muito mamãe. Afinal, não somos fáceis. Temos duas meio irmãs, Luce Lescot e Siobhán, que eles adotaram em 2035 pois ela ficou orfã na guerra e era especial para ele. Gostamos muito delas, mas mais de Siobhán, que é só dois anos mais velha que a gente. Somos muito grudadas. Eles estudaram juntos em Hogwarts, com papai (Robert) também, aliás. E a mamãe sempre foi linda e paqueradora (preciso dizer: puxamos isso dela!), entao vários meninos ficavam babando por ela. E eles dois principalmente. Ela e Noel quase namoraram, mas foi com o papai que ela ficou. Até ele morrer. Acho que o destino dela era amar os dois pra sempre. Eles casaram, mas ela se recusa a tirar o sobrenome do nosso pai, até mesmo por seus filhos. Então é Brittany Zane Bayley. Noel é tão gentil e compreensível. Aliás, eles são engraçados juntos, brigam as vezes, mas dois segundos depois estão apaixonados. Ele dá flores pra ela, faz jantar a luz de velas... Mas não os procure, ou diga quem é, você está indo em uma época que sei ser sensível, li um diário de Georgia da época. Ah, somos curiosas. Mas nunca por mal, queríamos apenas nos equipar. Georgia não gosta de Noel nem de Luce, ela sempre achou que ele queria substituir nosso pai, então só tornaria tudo pior ela saber antes do tempo. A relação dela com Noel e Luce é complicada, ela nunca os aceitou, então não adiante isso. A não ser que tenha como evitar isso no futuro. Ela não é mal educada com eles, mas prefere distância. Com Noel não é tão ruim, ela conviveu muito e teve que engolir. Luce também não se dá bem com ela, mas como já era adulta tinha a própria casa e todo mundo sua vida. Georgia também, porque mora com o noivo. Nossa mãe acaba sentindo tudo isso, mas ela sabe lidar com Georgia, não é atoa que é uma grande psicomaga. A Georgia é super brincalhona e criativa, sempre nos divertimos muito com ela. E aprendemos, ela lê TANTO, que sempre tem uma informação nova pra passar. Ela é fechada sentimentalmente, mas segundo a mamãe, ela é a mais sensível de todos nós. Fora isso, ela é muito forte. Obviamente, se revoltou com essa nossa decisão de vir, então é mais um motivo pra não medir esforços. Aliás, ela nos fez prometer nos cuidar o máximo possível, pra podermos voltar para seu casamento, somos madrinha. Ela está noiva de Brandon Cooper. Ele é lindo!!! Eles são um par perfeito. Eles não casaram ainda por opção, mas tem dois filhos, Rosie que nasceu em 2037 e está grávida de Luna. Jacob é dois anos mais novo que Georgia e é bem na dele, mas o amamos tão quanto. Ele tem uma doença e as vezes adormece por mais tempo que o normal, as vezes até dias. É engraçado, o chamamos de Soneca, um personagem de uma história infantil trouxa que só dorme. O problema é que isso acontece sem aviso. Mas ele tem uma namorada divina, Siri Céleste Theuriet, filha de Jade e Stephan Theuriet. Se eu for explicar como eles se conheceram, não paro, mas resumindo: Stephan é avô da nossa prima Aurora e Jade é amiga de Marion. Se conheceram e pimba, eles se apaixonaram mesmo com os mais de 10 anos de diferença. Ela foi a única que nunca surtou quando ele fica off muito tempo. Que bom. Ela nos disse que eles querem casar, mas também esperam nossa volta. Hm, Iollan... Nossa metade da abóbora, baú sem fecho, trasgo engasgado, parte de nós e essas breguices. Somos unha e carne. Implico por ele ser meio lerdo as vezes, mas o amo demais. Sou meio protetora dele, coitado. Ah, e tenho um ciúme de sua namorada, admito! Mas ok, ela que cuide dele enquanto estou longe! Estamos. Depois eu volto a mostrar quem manda no pedaço. Mas nós gostamos dela, apesar do ciúme de irmão, ela cuida bem dele e eu a fiz jurar por seus cabelos ruivos que nunca o abandonaria ou decepcionaria, ou mandaria uma bomba especial do passado pra ela. Enfim, se tiver algum sentimento aleatório ou uma saudade sem explicação pode ter relação com ele. Mas para a época que estamos indo, somos ainda bebês. Apenas pense que tem uma metade sua te esperando. Ele queria ir em nosso lugar, mas eu dei meu jeito, digamos que sempre fui mais esperta nos argumentos. E nos reflexos velozes. Sabe qual o mais legal? Mamãe também é gêmea! Nossa tia Becky Elvendork. Elas são tão idênticas, tirando cor de cabelo (ela é morena, e mamãe loira). Adoramos os cookies que ela faz e simplesmente passar tempo com ela, aprendendo até a cuidar de bichinhos, ela é veterinária. Nossa diversão é ouvir histórias de gêmeas delas, especialmente na escola. Já fiz o Iollan se passar por menina e tudo, pra ver como é. Foi demais! Ele ficava todo bicudo quando o chamávamos de viado, hahaha. Ah, tia Becky é casada com tio Orion e a gente se diverte no observatório dele. Quando nosso pai morreu, ele fez (pra Georgia especialmente) as constelações da nossa família. E é com a voz do papai que a história é contada, tão legal! Se um dia inevitavelmente você parar lá dê uma olhada, é na Canis Major. É essa voz que faz a gente ter a sensação de... conhecer ele.

Esta carta será infinita, mas vamos lá: tem mais! Adoro falar, mas vai escrevendo mesmo. Somos detalhistas e que se dane. Não é todo dia que temos a mente apagada.

Um dos seus melhores amigos é o Keon Kalakaua. Você perdeu (porque se eu falar perdemos vai parecer um ménage à trois) a virgindade com ele quando tinha 16 anos. Iremos encontrá-lo provavelmente, queríamos muito isso, pois adoramos ficar perto dele. Ele partiu em missão antes. Nos divertimos muito juntos e eu sempre sinto que posso confiar nele. Sentirá. Não esqueça do que Dorothy Aurore, filha do nosso tio Ben pediu: dar à ele este colar que você carrega no pescoço (quebrei a promessa de não ver o que era e descobri que ele abre e dentro tem uma foto deles dois. Que brega, vômitos). E dizer que ele deu a ela um dia e ela estava mandando para ele devolver pessoalmente. Servia de amuleto e incentivo pra fazer o melhor e voltar, todo mundo precisa de um (ela nos deu esse anel que está usando). Eu adoro a Dotty, sabe? Ela é uma prima de coração. E ela parece tão... pura, que me sentiria até culpada se não gostasse dela. Mas eu sinto um ciuminho indesejável dela, ela parece gostar do Keon mais que eu gostaria. Mas eu viajo na abóbora também, todos nós nos demos bem, ela só quer o bem dele. E eu não gosto dele, mas sou meio possessiva com todos mesmo, fazer o que. Por isso faça um favor à nossa consciência e entregue este colar, o problema tá na nossa cabeça oca. Falando no tio Ben, ele é padrinho do Iollan, mas as vezes me sinto filha dele junto com ele e Dotty (dos outros irmãos dela, é a que somos mais próximas). É que ele tem um ciúme da gente! Imagina só quando soube que viríamos! Tsunami emocional. Mas ele realmente é como um pai, o adoramos demais. A verdade é que vários dos nossos tios sempre foram nossos pais também depois que o nosso de verdade morreu. Os nossos padrinhos são James e Jess O'Rowth, mega queridos. Minha madrinha Jess, inclusive, que me fez nascer, e a maioria de nós. Eu a amo como se fosse minha mãe. Mas são partes sentimentais, para você saber nossas raízes, não para ir atrás! Nosso primo Cesare vai viajar com a gente também. Nos damos bem e eu adoooro conversar com ele. E gosto do jeito vaidoso dele, as vezes deixo ele mexer no meu cabelo e ele faz cada penteado legal, nem que seja só um topete com gel. E quero ficar com ele, hihi. Só não force a barra, que seja natural. Se ele for hétero mesmo, as vezes tenho minhas suspeitas.

Bom, a família é gigante, não vou falar de todos, no mesmo envelope terão fotos de tooodos com nome e o que eles são. Basta saber que amamos eles e eles cuidaram tão bem da gente! Somos bem mimadas também, paparicadas. Se tiver alguém que não gostamos eu direi também.

Agora... Saoirse:

Primeiro de tudo, se encontrar alguém da família, minta seu nome.

Somos determinadas e fortes. Dizem que um gêmeo sempre é diferente um do outro, e é verdade. O Iollan é mais dócil. A teimosia ficou pra gente, e principalmente o ciúme. Talvez seja a convivência com o tio Ben. Que seja! As pessoas tem que saber anyway que ninguém mexe com quem gosto! Somos boas em feitiços principalmente desafiadores. Temos reflexos rápidos e voamos muito bem, não se preocupe. Mas somos ansiosas, no entanto. Mamãe nos ensinou técnicas de meditação, vou desenhar pra você. {desenho} Faça todo dia se possível, funcionamos melhor assim, centradas. Somos vaidosas também, adoramos batom vermelho! E roupas bonitas, a Claire (irmã mais velha do Cesare) que me mostrou essa maravilha. E nos ensinou a costurar! Adoramos fazer nossas peças (só não saem lá essas coisas, não temos paciência). Mas não sei se isso será possível onde estiver, nem se vai lembrar. Mas nosso bom gosto vai permanecer. Temos saúde de ferro, cuide dela! É nosso maior tesouro nessa situação.

Agora, a parte dificil: não sei se voltaremos. E se voltarmos, não sei o que estará mudado. Mas escolhemos isso, nossa família merece uma chance e um sacrifício. Vivemos em um mundo cruel e temos que mudar isso. Fizeram de tudo por nós, nossa vez agora.

Nós somos até que românticas, mas lá no fundo. Por fora preferimos não admitir isso, essas florzices são pro Iollan. NÃO ESTRAGUE NOSSA IMAGEM. Mas não me escute muito também, viva. Viva feliz, tenha prazeres simples, sexuais e românticos se precisar. Somos carinhosas também ok? E adoramos provocar e ser sexy com garotos. Mas foque na missão!!!

E para se proteger: desconfie de apertos de mão frouxos (de homem pelo menos), pessoas que não conseguem te olhar nos olhos ao falar, isso mostra falta de confiança e verdade! E quem enrola muito e fala o fim das palavras sem convicção, exija a verdade, coloque na parede e olhe nos olhos. Nossos olhos azuis fortes (que puxamos do papai) são boa arma. Como dizem, temos uma aura naturalmente forte/teimosa. E temos um corpo delicado, mignon, então use isso também se precisar enganar alguém por necessidade. Nosso rosto pode ser puro e angelical, basta querer. Choramos com facilidade quando estamos com raiva ou nervosas, basta fazer um biquinho e ganhamos qualquer coração. E aí boom! Só não se apaixone antes da missão terminar, você não está de férias! Eu sei... tou complicando. Mas fará sentido, como aquelas poesias idiotas contraditórias, no fim fazem algum sentido. Ou como letras de música. Ah, adoramos poesia e música.

{Nota: olhe o interior da sua coxa. Tem uma tatuagem pequena, fizemos com o Stephan (se fizer alguma procure ele na Route 69, é o melhor lugar. Lucas ou Jane também são de confiança), é um símbolo, como poder ver. Foi inventado por Stephan a nosso pedido. É para provar que realmente é você, como disse que faria lá em cima. Escondida mesmo, mostre a Keon, Elise e Cesare, se algo acontecer, será sua identificação. E olhe em seu seio, tem uma cicatriz abaixo do seio direito, foi acidente em um duelo que você treinava. Ninguém nunca conseguiu tirá-la. Mas gostamos dela, cicatriz de luta sabe?}

Aguente firme! E leia muito. Tudo que julgar importante, não besteiras. Amamos ler (aposto que vou bufar por a carta terminar, sempre queremos mais), e escrever, se precisar se acalmar e concentrar, risque. Keon é excelente parceiro de traçar estratégias e escrever, é uma diversão nossa, inclusive. Não tente fazer sozinha se for difícil, duas cabeças pensam melhor juntas. E somos tagarelas e brincalhonas, mas se sentir algo pesado em você, desabafe com um dos três, não guarde tudo. Cesare tende a nos compreender bem.

Falamos, além de inglês, irlandes, francês (aprendemos com a mãe de Dotty e a própria) e russo (aprendemos com tia Anya), mas não sei se lembrará destes, espero que sim.

Resumindo: Siga seus instintos. Obliviate nenhum apaga nossa essência, quem somos. Você saberá o que fazer.

Boa missão! Todos contam conosco (trabalhamos bem com uma pressão)! Boa aventura! Faremos diferença. Estou dentro de você, somos uma, mas duas ao mesmo tempo. Se ficar perdida, fale sozinha, comigo, sentirá que não está sozinha.

Live, fully, present in the world, which is so beautiful. Time is nothing. - The Time Traveler's Witch.

Saoirse Isabel Zane.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Cartas para lembrar   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cartas para lembrar
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Lista de Cartas dos Sapos de Chocolate
» Pokémon Retrô: 20 anos da franquia!
» A Noite Sem Fim - Serenata para a Eternidade (Crônica Oficial)
» Com conseguir dinheiro de graça para sua conta paypal
» Cama nas Casas , Que Desce Para Dormir.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Wizard Babies :: I Guerra Mundial Bruxa :: Os Minutewizards-
Ir para: